BIOSIL - QUEDA CAPILAR

BIOSIL - QUEDA CAPILAR

Disponibilidade: Disponível em 3 dias úteis Referência: 23912


De R$ 319,00
A Partir de:
R$ 287,10
Economize  R$ 31,90

ou 6x de R$ 56,43 com juros
 
Simulador de Frete
- Calcular frete

CRESCIMENTO DOS CABELOS, PELE E UNHAS MAIS FORTES

 

Com o passar dos anos, o organismo vai perdendo naturalmente o colágeno, proteína importante para manutenção da firmeza e elasticidade da pele, cabelos e unhas, ossos e articulações. O Silício é um mineral fundamental para estimular nosso corpo a produzir colágeno, porém a ingestão do mesmo pela dieta é pobre, por isso é recomendada a suplementação em sua forma ativa, como ácido ortosilicico.

No corpo, o mineral atua no tecido conjuntivo.

Na pele, age na produção de colágeno, elastina e fibroblastos, o que resulta na firmeza e elasticidade, e ainda é estabilizador de radicais livres ao desempenhar o papel de antioxidante, prevenindo o envelhecimento.

Nas unhas e nos cabelos proporciona o fortalecimento por meio da síntese de colágeno e estímulo dos queratinócitos (células formadoras de cabelo). Além disso, ele é fundamental para auxiliar na reposição dos minerais perdidos pelos ossos e cartilagens, para mantê-los fortes.

BioSil™, um nutracêutico trazido dos Estados Unidos, beneficia a pele, cabelos, unhas, ossos e articulações, por meio de uma tecnologia diferenciada, ch-OSA™ (um complexo único e patenteado de ácido ortosilícico estabilizado em colina), que faz com que ele seja o produto do gênero mais absorvido pelo organismo encontrado no mercado e também o segredo da beleza que todas as mulheres buscam. O colágeno é uma proteína fibrosa, essencial para a integridade e propriedades biomecânicas do tecido conectivo e está presente na pele, tendões, ossos, dentes, vasos sanguíneos, intestinos e cartilagens, correspondendo a 30% das proteínas totais e a 6% do peso corporal. A produção de colágeno diminui 1% ao ano à partir dos 21 anos. A cada 10 anos, as mulheres perdem cerca de 7% na espessura da pele e 8 a 9% na densidade mineral óssea (DMO). Após a menopausa, ocorre uma perda de 30% no colágeno da pele nos primeiros 5 anos, a espessura da pele diminui em 1,13% ao ano, e a elasticidade em 0,55%. A maior parte do colágeno do corpo humano se localiza na pele e nos ossos, sendo aproximadamente 70% do tipo I. Alguns autores evidenciaram a simultaneidade entre pele transparente e a osteoporose, levando à hipótese de que há uma relação entre a perda óssea e o adelgaçamento da pele.

Saúde óssea:

Os ossos são compostos principalmente por colágeno, que confere suavidade estrutural, e fosfato de cálcio, mineral que fornece força e dureza à estrutura óssea; essa combinação de colágeno e cálcio faz com que o osso seja forte e flexível, suportando o estresse mecânico. A força dos ossos depende não somente da quantidade de mineral ósseo, mas também da qualidade, que é caracterizada por diversos fatores incluindo a concentração de colágeno (e qualidade). O colágeno promove elasticidade e estrutura em todos os tecidos do organismo. O colágeno funciona como um suporte ou “local de ligação” para minerais, como o cálcio. Quanto mais colágeno, maior a área disponível para a ligação dos minerais. A osteoporose tem se tornado uma causa dominante de morbidade e mortalidade ao redor do mundo. Ela é definida como uma doença progressiva esquelética, caracterizada pela diminuição da massa óssea (osteopenia) e deteriorações micro arquiteturais, resultando no aumento da fragilidade óssea e do risco de fraturas. A etiologia da osteoporose é multifatorial, influenciada pela genética, função endócrina, exercício e nutrição. A causa primária da redução da DMO e do aumento da susceptibilidade à fraturas em mulheres, é a diminuição dos estrogênios circulantes no início da menopausa.

Saúde da pele:

A pele é um órgão complexo, no qual interações celulares e moleculares reguladas de modo preciso governam muitas das agressões provindas do meio ambiente. Uma pele saudável impede a penetração de microrganismos que podem causar infecções e protege contra agressores. O envelhecimento cronológico faz parte da degeneração natural do organismo, que ocorre em todos os tecidos do corpo, e não têm relação com fatores ambientais. Com o passar do tempo, as células diminuem sua capacidade de renovação, e com isso a produção de fibras de colágeno e elastina, que conferem firmeza e tonicidade, se torna drasticamente diminuída. Assim, a pele perde elasticidade e se torna mais fina e flácida, passa a apresentar rugas finas na superfície e é acometida por atrofias. O fotoenvelhecimento tem características que o diferenciam do envelhecimento cronológico. Ao penetrar na derme, os raios UVA danificam as fibras de colágeno, o que leva a uma produção anormal de elastina, que por sua vez resulta na produção de metaloproteinases, que degradam ainda mais o colágeno.

A importância do Silício:

O silício (Si) é um elemento presente em diversos tecidos do corpo humano e está presente em 1-10 partes por milhão nos cabelos e nas unhas. A deficiência nutricional do Si demonstrou em estudos reduzir a síntese de colágeno e a formação de glicosaminoglicanas nos ossos e nas cartilagens. A prolil-hidroxilase, enzima envolvida diretamente na formação do colágeno, demonstrou em estudos in vitro ter sua atividade dependente da concentração de Si, sugerindo uma via Si-dependente para a síntese de colágeno. Outros sugeriram um papel estrutural do Si no cross-link das glicosaminoglicanas no tecido conectivo. Estudos em animais confirmaram o envolvimento do Si no metabolismo ósseo em ambos modelos jovens e modelos com osteoporose pós menopausa. O Si está presente naturalmente em bebidas como cerveja e na água na forma de ácido ortosilícico (OSA), porém ele perde sua estabilidade durante seu processamento e envase.

A importância da Colina:

A colina é um ingrediente 100% seguro (GRAS) que, quando complexado ao OSA, impede que suas moléculas se polimerizem, assim como sua reação com outras proteínas e minerais, levando à sua inativação. Além disso, a colina é um precursor de fosfolipídios que são essenciais na construção das membranas celulares e também está envolvida na sinalização celular, ou seja, ela atua como uma molécula de transporte, facilitando a entrada do OSA para o interior das células. A colina também tem a capacidade de neutralizar a degradação do colágeno mediada por homocisteína, um aminoácido que quando em concentrações elevadas, inibe diretamente a atividade da enzima lisil oxidase, afetando a formação de novas moléculas de colágeno. OSA – ácido ortosilícico estabilizado em colina BioSil™ é a marca comercial e registrada da patente da molécula ch-OSA™, um complexo único de ácido ortosilícico estabilizado em colina com ações benéficas, comprovadas em estudos, na saúde da pele, cabelos, unhas, ossos e articulações, através da ativação das vias de produção do colágeno. A estabilização por colina é a tecnologia mais avançada conhecida atualmente. Esse processo vai muito além de uma simples mistura de ingredientes; as moléculas de OSA e colina foram complexadas, de modo a garantir a estabilidade e a biodisponibilidade deste ingrediente inovador.  Podemos assim afirmar que o ácido ortosilícico estabilizado em colina não pode ser apresentado na forma de pó.

BioSil™, através da tecnologia ch-OSA™ consegue transformar o produto líquido em beadlets, ou seja, um granulado estável, que mantém o liquido revestido, ideal para manipulação de cápsulas. Quando os beadlets são ingeridos, o liquido ch-OSA™ será prontamente absorvido pelo trato gastrointestinal e aí sim terá total eficácia. Essa formulação é patenteada e exclusivamente comercializada sob a marca BioSil™, há mais de 20 anos!

Aplicações:

Reduz a profundidade das linhas de expressão;

Aumenta a elasticidade da pele;

Reduz a fragilidade das unhas; 

Fortalece os fios de cabelo;

Aumenta a formação do colágeno ósseo;

Aumenta a densidade mineral óssea; 

Reduz as dores e a rigidez das articulações;

Reduz a fragmentação da cartilagem.

 

Posologia: Tomar 1 dose pela manhã em jejum.

 

PRAZO DE PRODUÇÃO: 3 DIAS ÚTEIS, APÓS A DATA DE APROVAÇÃO DO PEDIDO.

Venda sob prescrição de profissional habilitado, podendo este ser o nosso farmacêutico de acordo com a Resolução 586/2013 do Conselho de Farmácia. Consulte-o!

Os resultados e indicações são avaliados e comprovados pelo fabricante e baseados nos estudos das ações do mesmo, descritos na literatura. Não os garantimos, visto que, eles variam de indivíduo para indivíduo e dependem de vários fatores como: hábitos alimentares, exercícios, patologias pré-existentes e do uso do produto, seguindo a posologia indicada.

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

Características


    Confira também